Brasil aparece em 5º no ranking mundial de viciados em smartphone

Brasil aparece em 5º no ranking mundial de viciados em smartphone

O número de viciados em smartphones cresceu quase 60% no último ano. Se as pessoas consideradas viciadas se reunissem em um país, ele seria o quarto mais populoso do mundo, com 280 milhões de habitantes. Mensageiros e redes sociais lideram o ranking de apps mais utilizados.
Facebook-no-Mobile-sem-marca4 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)O número de pessoas viciadas em smartphones aumentou 59% no último ano (Foto: Luciana Maline/TechTudo)







De acordo com a consultoria Flurry, responsável pelo estudo, é considerado como viciada em celular a pessoa que abre aplicativos mais de 60 vezes ao longo de um dia. Na comparação com o ano passado, o número de viciados cresceu 59%. São 280 milhões de pessoas nessa situação. Se morassem em um mesmo país, essa população ocuparia a posição número 4 no mundo, com mais gente do que no Brasil inteiro.
A quantidade de consumidores regulares, que utilizam aplicativos entre uma e 16 vezes por dia, cresceu 25%, enquanto os “super”, que abrem apps de 16 a 60 vezes diariamente, aumentaram 34%, chegando aos 590 milhões de usuários. No total, são 1,8 bilhão de usuários no mundo.
País dos viciados ocuparia a 5ª posição no ranking de população mundial (Foto: Divulgação/Freezy)"País dos viciados" ocuparia a 4ª posição no ranking de população mundial (Foto: Divulgação/Freezy)

Você é viciado?
O estudo também apontou as categorias de aplicativos mais utilizadas por pessoas viciadas, em comparação com usuários regulares. Mensageiros e redes sociais lideram o ranking, com 556% de diferença entre os tipos de consumidores, seguidos pelos apps nas categorias utilidades e produtividade; jogos; finanças; e notícias e entretenimento.
O aplicativo Checky, para Android e iOS, conta quantas vezes por dia você verifica o seu smartphone, revelando uma visão geral sobre seus hábitos.

Compartilhe usando