Eclipse Lunar - 27/09/2015 - Veja como foi!

Eclipse Lunar - 27/09/2015 - Veja como foi!

eclipse super lua setembro 27

Eclipse total de superlua deste domingo (27) só será visto de novo em 2033. Fenômeno é tão raro que aconteceu apenas cinco vezes em mais de 100 anos. O último foi em 1982.

A partir de 22h será possível observar uma conjunção de dois fenômenos astronômicos que não coincidiam há 33 anos: a superlua e o eclipse total lunar. Depois de domingo, o encontro só voltará a acontecer em 2033. O eclipse de uma superlua é muito raro e aconteceu apenas cinco vezes desde 1900: em 1910, 1928, 1946, 1964 e 1982.
A superlua acontece quando as órbitas da Lua e da Terra se aproximam, fazendo com que o astro pareça maior. Já o eclipse total lunar acontece quando o satélite fica completamente encoberto pela penumbra da Terra.
O resultado desta equação é uma Lua avermelhada e grande. Isso acontece porque a radiação solar é filtrada pela atmosfera da Terra e reflete na Lua.
O melhor de tudo? O Brasil é local perfeito para avistar esta conjunção de fenômenos. O eclipse total deve acontecer durante pouco mais de uma hora, e seu apogeu acontecerá exatamente às 23h11, quando a Lua estará completamente eclipsada pela Terra.

Superlua e eclipse lunar

De acordo com Paulo Bretones, professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e coordenador da Comissão de Ensino e Divulgação da Sociedade Astronômica Brasileira, os eclipses lunares ocorrem quando a Lua penetra na sombra projetada pela Terra ao receber a luz solar.
O plano da órbita da Lua fica inclinado um pouco mais de 5 graus em relação ao plano em que a Terra gira ao redor do Sol, segundo ele, o que gera um movimento complexo.
“A Terra sempre está projetando sua sombra no céu, mas não a percebemos porque a Lua passa acima ou abaixo dessa sombra. Mas, quando a Lua cruza o plano da órbita da Terra durante um alinhamento dos três astros, ocorre um eclipse lunar”, explicou Bretones.
Segundo ele, no domingo a Lua cheia nascerá às 17h45 em São Paulo e começará a “mergulhar” na sombra da Terra às 22h07. “Uma linha divisória surgirá como um entalhe no bordo lunar, penetrando cada vez mais, até que às 23h11 a Lua estará toda coberta pela sombra do nosso planeta. Às 00h23, ela começará a sair da sombra até reaparecer totalmente iluminada às 1h27 de segunda-feira”, disse.

Espetáculo

“As condições convergem para que seja um eclipse espetacular. “É um espetáculo para todo o mundo, é gratuito. Basta colocar a cabeça para fora””, garantiu o astrônomo Pascal Descamps, do Observatório de Paris.
O fenômeno poderá ser apreciado a olho nu, então prepare suas cadeiras de praia, procure um lugar com pouca iluminação e aproveite.
com informações de Brasil Post, Info e UOL

Compartilhe usando